Livre-se da apneia do sono



Pouca gente sabe, mas a falta de sono e o ronco durante a noite podem ser considerados sintomas de uma doença grave. Trata-se da apneia do sono, que caracteriza-se pela perda de respiração por alguns segundos, que pode acontecer por diversas vezes durante a noite.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 50% da população brasileira se queixa de sono ruim, e outros 30% sofrem de apneia.


A apneia obstrutiva do sono é a doença mais comum e ocorre quando os músculos da garganta relaxam durante o sono e as vias respiratórias se fecham, o que interfere e impede a respiração adequada. Isto pode reduzir drasticamente o nível de oxigênio no sangue. Assim, o cérebro recebe a mensagem de que algo está errado.


Por ser incapaz de respirar, a pessoa desperta do sono por um breve momento, quando as vias respiratórias reabrem e permitem que a situação volte ao normal. Esse problema, no entanto, repete-se inúmeras vezes ao longo da noite e pode causar sérias complicações.

Mesmo sem saber do problema, a pessoa pode sofrer um infarto ou um Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outros problemas, que podem ser fatais. A medicina evoluiu e um aparelho denominado CPAP é um bom mecanismo para se evitar a doença.